APARECEU A MARGARIDA... QUE MEDO... Imprimir

PRESA A MULHER QUE ABANDONOU BEBÊ EM CAÇAMBA DE LIXO EM PRAIA GRANDE

foto reportagem policial com imagem segura (alta luminosidade) créditos DQ

perspectiva da câmera

Rosineide trabalha (ou trabalhou até pouco tempo) numa clinica de repouso do bairro boqueirão (onde teve a criança). Seus colegas de trabalho disseram não terem percebido sua gravidez. Tem 39 anos. Parece estar sofrendo de problemas psíquicos por razões sentimentais e financeiras. O delegado Flávio Magário declarou em entrevista a TV Tribuna que o depoimento de Rosineide foi “informal”.

Ele confirmou que teve o bebê 3 dias antes de praticar o ato. E, acrescentou ainda que o teve “na rua” e sendo assim, por desespero e necessidades financeiras deixou a pequena Vitória naquela caçamba cheia de entulho e lixo. Rosineide deverá ter sua prisão preventiva decretada e vai permanecer na delegacia até o término dos trabalhos.

A polícia delegará instruções para que investigadores vasculhem sua residência e ouça testemunhas (procedimentos necessários) para constatar os fatos relatados como preliminares da investigação.

Rosineide tem outros 6 filhos. 3 maiores e 3 menores.

O representante da Vara da Infância e da Juventude do Município disse que a adoção da menina está temporariamente cancelada em virtude de sua mãe ter sido encontrada o que indica a existência de um suposto“pai”.

Os irmãos maiores manifestaram interesse em amparar a pequena Vitória.

O advogado da acusada alegou seu atual estado puerperal que pode provocar depressão pós-parto.