Login



Detectamos o seu IP

Você está conectado(a) a este site de: 54.198.246.116

Dali Clock

Social Media Links

TwitterFacebook

Pessoas Online

Nós temos 120 visitantes e 8 membros online
  • redezrenn

Visitas

HOJE53
ONTEM274
NA SEMANA573
NO MÊS3145
TODAS309881
Powered by Kubik-Rubik.de

Siga-nos

Siga o Dica Quente no Twitter

Twitter

Doacoes


 
"BAFON" DA MULHER QUE JOGOU BEBÊ NO LIXO PDF Imprimir E-mail

A CASA VAI CAIR: ELA É UMA ESPECIALISTA NISSO!

rosineide de sales linsRosineide de Sales Lins, a "tal" que jogou sua filha recém nascida numa caçamba cheia de lixo, em Praia Grande, está presa temporariamente na cadeia feminina de Santos/SP. Em seu depoimento "informal", segundo o delegado Flávio Magário, ela se diz arrependida do que fez. Mas, ele duvida disso e explica que da hora em que ela deixou a pequena Vitória na caçamba até a chegada do catador de reciclagem passaram-se 23 minutos o que, segundo ele, seria tempo suficiente para o "suposto" arrependimento.

Mas, como Deus é grande, uma ex-patroa dela contou à reportagem que quando Rosineide trabalhou em sua casa teve a "mesma" atitude: escondeu uma outra gravidez. O fato só foi veio à tona quando ela teve a criança dentro do banheiro e o choro chamou a atenção de uma vizinha que veio saber o que estava acontecendo e a pegou tentando afogar a criança no vaso sanitário. Isso aconteceu há cerca de 15 anos, a menina foi encaminhada para adoção e nem deve saber:

"- que essa "#@*&%//@&$@" é sua mãe", disse LEINARA PONTES, 68 anos, viúva, 3 filhos, contadora, quando soube disso, "Ainda bem... tratamentos psicológicos poupados para essa filha de Deus".

Será?

 

 

Mas, não pára por aqui não: dizem que Rosineide teve filhos gêmeos há cerca de 1 ano atrás e que ninguém sabe do paradeiro dessas crianças.

Cabe aqui ressaltar também que o "provável" pai da pequena Vitória é um homem de 57 anos, casado, 4 filhos - vigia da mesma Clínica de Repouso onde ela trabalha.

"- Já posso imaginar como eram as "brincadeiras", protestava um homem num bar:

"- Agora é a sua vez de fazer carinho no "vovôzinho"...

" - Ahhh, não... num quero...agora já quero... Mas, só se você prometer que dá um "banho" na "vovózinha"...

E, assim, dependendo do resultado dessas "brincadeiras" (que, ao que parece eram sempre uma gravidez) Rosineide (ou "a mulher que deixou a filha no lixo") encontrava uma forma de se livrar dos bebês como quem se livra de uma "bituca" de cigarro.

" - Essa mulher é um perigo! É bandida. Até os filhos que convivem com ela hoje deveriam ser "resgatados" o quanto antes", foi a fala da menina "MJC", de 13 anos, que passava pelo local enquanto fotografávamos.

Ela é sórdida, sem "sobra" de dúvidas. Ela encobre as suas gestações e isso já é um indício de que "filho" e "bituca" de cigarro são a mesma coisa. É doente. É má. É perversa e irresponsável.

"- É  uma perfeita "#@*&%//@&$@", disse outra vez a mesma senhora.

" - Tenho pena do advogado dela. Ele vai ter que "rebolar" pra conseguir livrá-la disso. A menos, é claro, que ela fosse uma "Promotora Pública", aposentada e loira", disse a atendente de uma lanchonete próxima do local.

 

Comentar

Por favor, use de polidez em seu comentário. Não utilize palavras ofensivas ou palavrões e seja bem vindo(a).


Código de segurança
Atualizar