Login



Detectamos o seu IP

Você está conectado(a) a este site de: 54.162.220.219

Dali Clock

Social Media Links

TwitterFacebook

Pessoas Online

Nós temos 108 visitantes e 4 membros online
  • redezrenn

Visitas

HOJE48
ONTEM135
NA SEMANA183
NO MÊS3231
TODAS288860
Powered by Kubik-Rubik.de

Siga-nos

Siga o Dica Quente no Twitter

Twitter

Doacoes


 
ATIVISTAS DO GREENPEACE EM MAIS UMA EMPREITADA PDF Imprimir E-mail

Greenpeace accroche une banderole anti-nucléaire sur le siège d'EDF

ativistas greenpeace

Créditos para PIERRE VERDY

Ambientalistas, ativistas do Greenpeace escalaram nesta quinta-feira o prédio da sede da EDF (Electricite de France), em Paris, ao meio-dia, para pendurar uma bandeira com o slogan "A energia nuclear não é segura", enquanto a EDF dava a sua primeira entrevista coletiva à imprensa desde o acidente em Fukushima, segundo jornalistas da AFP.




"A situação japonesa dolorosamente nos lembra que a energia nuclear é extremamente perigosa", disse Sophia Majnoni, encarregada da campanha de Nuclear do Greenpeace. O Diretor Executivo da EDF, Proglio convidou jornalistas para discutirem em sua sede o "pós-Fukushima.

As espetaculares operações antinucleares visam reivindicar novamente que uma saída, uma decisão seja tomada "o mais rapidamente possível", diz a ambientalista Sophia Majnoni que denuncia, em particular os riscos para a segurança e projetos ambientais na França, um dos quais (EPR- Electron paramagnetic resonance), “Ressonância Eletrônica Paramagnética” está sendo construído ​​em Flamanville no Canal Inglês, e outro projeto (o Penly) em Seine-Maritime.

A organização também reiterou que o grupo nuclear Areva está envolvido em vários projetos no exterior sobre EPR: dois na Índia "na região Jaitapur, área conhecida pela extraordinária riqueza de sua biodiversidade e risco sísmico muito elevado”. Além disso, esses projetos enfrentam forte oposição popular, onde um ativista foi morto pela polícia nesta segunda-feira.

 

Fonte (TEXTO ORIGINAL EM FRANCÊS)

 

Comentar

Por favor, use de polidez em seu comentário. Não utilize palavras ofensivas ou palavrões e seja bem vindo(a).


Código de segurança
Atualizar