Login



Detectamos o seu IP

Você está conectado(a) a este site de: 54.198.201.250

Dali Clock

Social Media Links

TwitterFacebook

Pessoas Online

Nós temos 129 visitantes e 2 membros online
  • redezrenn

Visitas

HOJE44
ONTEM111
NA SEMANA155
NO MÊS3016
TODAS285117
Powered by Kubik-Rubik.de

Siga-nos

Siga o Dica Quente no Twitter

Twitter

Doacoes


 
EU MATO MESMO - EPISÓDIO 3

"...Você com um revólver na mão é um bicho feroz, feroz... sem ele anda rebolando e até muda de voz..."

Porque será que essa gente “insana” insiste em culpar inocentes pelos seus prejuízos sociais?

Alguém lá tem culpa se eu sou soro positivo? Alguém lá tem culpa se eu dei uma “trepada” errada? Alguém lá tem culpa se eu não me dei bem nos estudos ou não consegui um trabalho decente? Alguém vê essa gente se dirigir aos poderes públicos para contestar essa ou aquela perda que a vida lhe reservou (no caso vida essa regrada por leis nacionais)?

Claro que não! Essa gente “insana” tem coragem de chegar atirando em inocentes, desprotegidos e sempre agem com o famoso “ataque surpresa”.

Agora teremos toda uma legião de autoridades, políticos e porque não (futuros candidatos) se aproveitando dessa situação para “evasivamente” fingir estar prestando solidariedade a este ou àquele ferido, esta ou àquela família em luto.

O caso vai ser notícia por alguns dias e pronto... já está aí o nosso “brasilzão” preparado para um novo ataque surpresa.

Pensei numa sigla para definir esse tipo de gente:

H.A.S.P.I.R.I.N.A.

Hediondos Ataques Surpresas Promovidos por Insanos Revoltados e Intrigados com a NAção.

 

 

Esses “haspirinas” são geralmente pessoas com um perfil muito conhecido nas periferias:

- geralmente baixinhas ou magrelas, ou ainda as duas coisas juntas;

- transformam-se em ovelhas negras muito cedo;

- durante uma época (época em que tinha a opção de escolher entre o bem e o “mundão”) recebem vários conselhos de pessoas que ainda conseguem ver algo de inocente dentro delas

- sempre estão com problemas familiares (de separação dos pais à parentes na cadeia);

- carregam consigo um infinito sentimento de terem sido usados, “abusados” e explorados (pela vida);

- sentem-se melhor quando o abuso acima é patrocinado por um “patrão” (esse pode até fazer coco na boca delas); pois, é ele quem dá o famoso “cala-boca” em dinheiro e proteção (aliás, essa história de proteção é uma farsa: um finge que protege e o outro finge que está protegido; na contagem dos bois ambos são uns bund... moles);

- e a principal de todas as características: tem que ser um grande “COVARDE”: do tipo que desarmado é um “nada”, um “bost...”, mas portando-as passa a ser o “JIRAYA”.

- São também conhecidos como (MIB) “malandro-inspira-Bezerra” em virtude do refrão quase assim: (...)”Você com um revólver na mão é um bicho feroz, feroz... sem ele anda rebolando, até muda de voz.” (...)

Justamente por causa de um haspirina, (especificamente Wellington Menezes de Oliveira) é que o Rio de Janeiro mais uma vez entrou para o roll da vergonha nacional na manhã desta quinta-feira (07/04/11).

Atirador usou 2 revólveres contra alunos no Rio, diz polícia

O rapaz que invadiu na manhã desta quinta-feira uma escola municipal do Rio e disparou diversos tiros contra os alunos usou dois revólveres calibre 38, e levava muita muinição, segundo o coronel Djalma Beltrami, comandante do Batalhão da Polícia Militar em Realengo (zona oeste). No total, 13 pessoas morreram --12 alunos e o atirador. Há feridos.

Bombeiros confirmam 12 alunos mortos no Rio
Envie imagem ou relato sobre tiroteio

Reprodução/Globo News
Pessoas se aglomeram em frente a escola após homem disparar diversos tiros contra alunos
Pessoas se aglomeram em frente a escola no Rio, após homem disparar diversos tiros contra alunos

As causas do crime serão investigadas. A Escola municipal Tasso da Silveira fica na região de Realengo (zona oeste do Rio) e atende estudantes com idades entre 9 a 14 anos --da 4ª a 9ª série, segundo a Secretaria Municipal da Educação.

De acordo com a Polícia Militar, o criminoso foi identificado como Wellington Menezes de Oliveira, 24, e seria ex-aluno. O crime ocorreu por volta das 8h30.

As informações ainda são desencontradas. Ainda não se sabe se o atirador foi atingido em confronto com a polícia ou se cometeu suicídio. Os feridos foram encaminhados a hospitais da região.

A escola atende 999 alunos, sendo 400 no período da manhã, de acordo com a secretaria. É grande a movimentação de pessoas ao redor da escola. Muitos pais buscam informações dos filhos.

 

 

 

Fonte

___________________________________________

PM confirma morte de atirador que invadiu escola no Rio de Janeiro

Treze pessoas morreram, segundo informações da Polícia Militar

Pessoas se concentram em frente à Escola municipal Tasso da Silveira após rapaz atirar contra alunos

Imagem G1

O relações-públicas da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Ibis Pereira, confirmou a morte do homem que invadiu nesta manhã a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio. Ele teria sido identificado como Wellington Menezes de Oliveira, 24 anos. As informações são da Globonews.


O homem entrou na escola armado e efetuou vários disparos contra os estudantes e professores. Pelo menos 13 pessoas morreram em outras 22 ficaram feridas. Os feridos foram levados para o Hospital Albert Schweitzer. 

O atirador seria ex-aluno da escola e estava com uma carteira de identificação da instituição. Segundo Pereira, o homem chegou a ser imobilizado pelos policiais, mas conseguiu se desvencilhar, pegou a própria arma e se matou.

 

Fonte

 

Comentar

Por favor, use de polidez em seu comentário. Não utilize palavras ofensivas ou palavrões e seja bem vindo(a).


Código de segurança
Atualizar