Login



Detectamos o seu IP

Você está conectado(a) a este site de: 54.224.230.51

Dali Clock

Itens Relacionados

Social Media Links

TwitterFacebook

Pessoas Online

Nós temos 111 visitantes e 8 membros online
  • redezrenn

Visitas

HOJE256
ONTEM280
NA SEMANA1989
NO MÊS5500
TODAS301527
Powered by Kubik-Rubik.de

Siga-nos

Siga o Dica Quente no Twitter

Twitter

Doacoes


 
EU MATO MESMO - EPISÓDIO 6 PDF Imprimir E-mail

Sexta-feira, 22/04/2011, início do feriado de Páscoa, início da madrugada, início de uma data que nos faz refletir, ser mais humanos, solidários e crentes... fim disso tudo para 4 jovens da Grande São Paulo:

Pois é, Brazilzão... essa gente insana tá matando mesmo. Querem extinguir as pessoas de bem e deixar o país povoado somente por marginais... E do jeito que a coisa vai, com tanta maluco à solta creiam... "desgraças" piores ainda serão noticiadas. É só esperar... Sim, porque tem sido mais fácil esperar pelas tragédias do que por um efetivo controle delas. Acho... que ironia... (como se fosse somente eu) que as SSPs não estão dando conta de tanto bandido... pior: tem que enfrentar a dura realidade de ter alguns de seus homens (no caso policiais) passando para o outro lado. Que coisa...

 

JORNAL DA GLOBO - créditos respeitados

Começo essa matéria publicando com pesar os nomes de 4 CIDADÃOS:

 

 

Luís Fernando da Silva Egea, 19 anos - cabeleireiro e soldado do exército;

Fábio Bacilieri, 23 anos - cobrador de ônibus;

Felipe Dias Rodrigues, 16 anos - estudante e vendedor de "espetinhos de churrasco" com a família;

Robert William Rodrigues, 25 anos - disponível para o mercado de trabalho. Foi morto porque presenciou o crime;

(a famosa eliminação de provas)

 

OBSERVAÇÕES:

 

- nenhum deles tinha passagem pela polícia;

- se num grupo de 4 jovens, apenas 1 está sem emprego (No Brasil) isso é louvável e pode-se deduzir que não se tratava de uma turma de "vagabundos";

(observando aqui que o termo "vagabundos" é apenas uma forma enfatizada de dizer aquilo que eles certamente não eram, mas foram tratados "como se fossem")

- as armas utilizadas nos crimes eram de calibres "ponto 40" e "380" - geralmente de uso exclusivo da PM);

- a parte irônica: A SSP não descarta um possível envolvimento de policiais nesse crime;

(ora, se a população não foi informada sobre o desaparecimento dessas armas de uso exclusivo da PM, elas só podem ter sido usadas pela própria PM).

 

Nosso "meninos" foram executados com tiros na cabeça e nas costas e, segundo testemunhas, os atiradores estavam em 2 carros: Gol branco e Siena prata.

 

E assim encerro mais um episódio da série "EU MATO MESMO" - o 6º que escrevo em "1 mês". Lembrando que não escrevi sobre todos os crimes desse tipo, porque já não tenho estômago e nem fé.

 

Gostaria de fazer uma menção ainda aqui: Religiosidade e crenças à parte, tenho acompanhado por 2 anos uma publicação com previsões anuais feitas através da Numerologia. Essas previsões dão uma "geral" de como será o ano, qual será o orixá regente dele, etc.

Quando li as previsões para 2011 não dei muita bola ao que lá estava pois achei absurdas demais. Alguns destaques publicados lá são:

 

1 - As interferências de Iansã nos anos 4 são relacionadas à causas do tipo: crimes passionais, crimes hediondos, crimes praticados por funcionários da justiça especificamente, investigações de paternidade e maternidade, atentados contra a vida de recém-nascidos, derrubada funcional de magistrados, incriminação de oficiais de todas as polícias.

  • Relembrem do caso do adolescente de Manaus alvejado por policias.
  • Relembrem da tragédia de Realengo.
  • Relembrem do atirador do carro preto do litoral sul de São Paulo (supostamente um policial)

2 - O ano 4 é um ano de muitas “tentativas” de inovação legislativa e também de muita “barbaridade” relativa às mesmas.

  • Relembrem dos projetos de lei que nunca são aprovados e das declarações "homofóbicas" do Deputado Bolssonaro.

3- Abandono de incapazes e abortos terão destaque nos noticiários.

  • Relembrem do garoto haitiano abandonado numa estação do metrô em São Paulo.
  • Relembrem da bebê recém-nascida que foi deixada numa caçamba em Praia Grande.

 

CONFIRAM

 

Comentar

Por favor, use de polidez em seu comentário. Não utilize palavras ofensivas ou palavrões e seja bem vindo(a).


Código de segurança
Atualizar